Notícia

NOVIDADE

Com o objetivo de fazer com que os associados adeptos do tênis de quadra possam disputar uma competição anual, permitindo a interação dos tenistas e o aumento da utilização das quadras, a diretoria de esportes do Indaiatuba Clube lançou na noite da sexta-feira, dia 25 de janeiro, o Ranking Interno do Tênis de Quadra 2019.

No evento, realizado no Restaurante Aquário, o Diretor de Esportes, José Alberto Coppini Pucci e a coordenadora de esportes do IC, Renata Lima, apresentaram aos associados os detalhes do ranking que começa a ser disputado a partir de fevereiro.

Para participar, os interessados devem fazer a inscrição diretamente na Secretaria de Esportes, onde vão apresentar dados que serão utilizados para integrar o tenista ao ranking.

Definidos todos os participantes do masculino e feminino, todo dia 1º de cada mês, entre fevereiro e novembro, haverá um sorteio (realizado pelo aplicativo da LPTênis) que vai definir dois jogos por mês para cada jogador.

Após a confirmação das partidas, será de responsabilidade dos tenistas agendar os jogos dentro do mês corrente.

Esse agendamento deve respeitar duas situações. Os atletas, por intermédio do aplicativo, devem se conversar e marcar a data e horário do confronto. Isso resolvido, um dos dois deve avisar a Secretaria, para que uma das quadras do IC seja reservada para o jogo.

Segundo a coordenadora, a comunicação do resultado do jogo é uma das novidades do ranking. “Os próprios associados vão abastecer o aplicativo com os resultados dos jogos. Terminada uma partida, um dos tenistas acessa o LPTênis e informa o placar. O resultados informado demora 24 horas para ser validado. Nesse tempo, o outro jogador poderá validar ou não o placar. Se o resultado estiver correto, após um dia ele é validado e os tenistas recebem a pontuação pelo jogo. Caso exista algo a ser alterado, o outro jogador faz a mudança e novas 24 horas são contadas. Tudo estando certo, o resultado é confirmado”.

Renata explicou que nos casos onde os dois associados não possuam o aplicativo, o resultado deve ser informado na Secretaria.

Devido ao número de inscritos, os jogos no masculino serão sorteados por faixas. Do primeiro ao décimo terá um sorteio, do décimo primeiro ao vigésimo outro, e assim sucessivamente. Já no feminino o sorteio será entre todas as associadas participantes.

No ranking masculino, o tenista só muda de faixa pela somatória dos pontos dos jogos. Cada vitória vale 100 pontos e a derrota 25. Em caso de W.O, o associado que não comparecer perde 100 pontos, enquanto o outro, ganha.

A coordenadora revelou que, além dos pontos dos jogos, os participantes poderão ter pontuação extra. “Todo tenista que participar dos eventos promovidos pelo Indaiatuba Clube terá pontos de bonificação. Participou do Indaiá em Ação, ganha pontos. Disputou uma das etapas do circuito de tênis que acontece no Clube durante o ano, também ganha. Com isso, os jogadores vão poder mudar mais rapidamente de faixa”.

De acordo com o diretor de esportes, além de promover mais uma disputa entre os associados, a realização do ranking também vai servir para que a Diretoria aumente o contato com praticantes da modalidade. “O ranking é uma maneira que nós encontramos de possibilitar que os associados possam jogar mais vezes, mas também vai servir para que a Diretoria tenha mais contato com os tenistas, para que aumentemos o uso das quadras e tenhamos um nivelamento os jogadores, até para que possamos realizar eventos de premiação dos destaques, como acontece em outras modalidades”.

Para começar a disputar o ranking em fevereiro, o interessado deve se inscrever na Secretaria até dia 31 de janeiro. Quem não conseguir a inscrição até essa data, pode preencher a ficha junto à Secretaria e garantir a participação a partir de março.

Informações e detalhes pelo telefone (19) 3834-2399.